19:41No Chá da Academia

de Dalton Trevisan

No chá da Academia, em confidência ao amigo, o nosso poeta frascário e versado nos clássicos:

- Perlustrando os caminhos da urbe, deparei com uma deidade que me pareceu virgínea. Empós breve requesta, instei-a a acompanhar-me a uma casa de coabitação de tempo fugaz. Em lá chegando, desnudei-a e empolguei-a. Oh, pérfida Vênus: não é que, no assalto aos muros de Tróia, me coube investir o portal mais complacente?

2 ideias sobre “No Chá da Academia

  1. Parreiras Rodrigues

    Caminhando pelas ruas da cidade, topei com uma gata que até parecia virgem. Papo vai, papo vem, arrastei-a para um hotel desses de “instante”. Deixei-a pelada e ripa na xulipa….(como diria Osmar Santos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>