18:36Osmar Bertoldi reassume vaga na Câmara dos Deputados

Do G1

Suplente de ministro assume vaga de deputado federal após sair da prisão

Osmar Bertoldi ficou preso por oito meses, acusado de bater na ex-noiva. Em outubro, a Justiça o inocentou das acusações e ele foi solto.

Menos de uma semana após deixar a cadeia, o suplente de deputado federal Osmar Bertoldi (DEM) assumiu nesta terça-feira (1º) a vaga deixada pelo ministro da Saúde Ricardo Barros (PP) na Câmara dos Deputados.

Ele foi detido em fevereiro deste ano, após ser acusado de agredir a ex-noiva. No dia 27 de outubro, ele foi solto. Segundo o advogado, ele foi absolvido das denúncias.

Bertoldi era o primeiro suplente de Barros, na coligação eleita em 2014. Quando Barros assumiu o ministério da Saúde, Bertoldi já estava preso e não pode assumir. À época, a Câmara dos Deputados convocou o segundo suplente da coligação, Reinhold Stephanes (PSD-PR). Como Stephanes também assumiu cargo no secretariado de Richa, entrou o terceiro suplente, o deputado em exercício Nelson Padovani (PSDB-PR).

Com a nomeação, Bertoldi passará a ter prerrogativa de foro, ou seja, só poderá ser julgado por eventuais crimes pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Entenda o caso
Osmar Bertoldi foi preso em 24 de fevereiro no Centro de Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina. Segundo a Polícia Militar (PM), ele era procurado pela Justiça desde 1º de dezembro de 2015 por, ao menos, cinco crimes contra a ex-namorada.

Bertoldi foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) depois que a ex-companheira relatou uma série de agressões e cárcere privado com a ajuda de três funcionários do ex-deputado durante cinco dias. Além disso, ainda de acordo com a polícia, ele teria oferecido uma quantia milionária para que a mulher não o denunciasse à Justiça.

De acordo com a juíza Taís de Paula Scheer, as absolvições ocorreram por ausência de dolo, falta de provas suficientes para condenação e por ter se esgotado a pretensão punitiva pelo delito de desobediência, uma vez que Bertoldi já está preso.

Uma ideia sobre “Osmar Bertoldi reassume vaga na Câmara dos Deputados

  1. Josenito Pessoa

    Tem mulher que parece um tsunami na vida das pessoas. E tem “homens” que adoram bater em mulher. Deve ser falta de confiança ou não gosta mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>