12:14Veneri e o financiamento coletivo

Da assessoria de imprensa de Tadeu Veneri

Tadeu Veneri é o primeiro candidato à prefeitura de Curitiba a lançar campanha de financiamento coletivo

Vinte e três pessoas já doaram R$ 5.934,13 à campanha de financiamento coletivo do candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) em Curitiba, Tadeu Veneri, em suas primeiras 24 horas no ar. O petista foi o primeiro – e até o momento é o único – a lançar uma campanha de financiamento coletivo entre os prefeituráveis de Curitiba. Com a campanha, Tadeu Veneri figura no momento como o candidato com maior número de doadores individuais na capital paranaense, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O site eufinancio.tadeuveneri13.com.br começou a funcionar às 11h50 de ontem. Por volta do meio dia de hoje, o valor doado aproximava-se de 6% da meta de arrecadação de R$ 100 mil até o fim da campanha, no início de outubro.

A campanha de financiamento coletivo de Tadeu Veneri é viabilizada pela plataforma Voto Legal (www.votolegal.org.br), cujo objetivo é permitir campanhas eleitorais abertas, limpas e transparentes, garantindo segurança tanto para o eleitor quanto para o candidato.

Qualquer cidadão pode doar à campanha. A doação mínima é de R$ 20. Já o valor máximo é sujeito aos critérios da nova legislação eleitoral. O doador precisa fornecer nome completo, CPF, e-mail, número de telefone, endereço, e um número de cartão de crédito válido.

A plataforma Voto Legal tem o código-fonte aberto e pode ser utilizada por qualquer candidato a prefeito ou a vereador nas eleições de 2016. Os valores arrecadados e a identidade dos doadores podem ser conferidos em tempo real, assegurando transparência ao financiamento da campanha. Posteriormente, o doador receberá um comprovante da doação eleitoral.

“Esta é a forma mais transparente, democrática e participativa disponível de financiamento de campanha eleitoral”, afirmou Tadeu Veneri ao explicar o motivo pelo qual optou pela plataforma Voto Legal.

“O mais importante é que o eleitor pode, por meio dela, conferir em tempo real o quanto é arrecadado e tem a chance de acompanhar se a quantia arrecadada é condizente com os gastos dos candidatos”, prosseguiu ele.

 

Uma ideia sobre “Veneri e o financiamento coletivo

  1. Mito

    Duas perguntas:
    1) Será que a Narizinho já doou?

    2) Dá pra doar de dentro da cadeia? (se der ele vai arrebentar de faturar…)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>