12:13Dilma e o laranja elétrico

laranjacabelo 

Rogério Distéfano 

Preto e branco

Acabou a Olimpíada e com ela a miragem. Voltamos a nos ver em preto e branco.

Buraco de baixo

Os japoneses podiam ter poupado o primeiro ministro Shinzo Abe do ridículo. Aquilo de cruzar o globo no túnel que partiu de Tóquio e terminou no Rio, fantasiado de Super Mário, no Brasil tem nome: o buraco é mais em baixo.

Ouro da abobrinha

Se a Olimpíada distribuísse medalhas de chatice não daria outra: ouro para Galvão Bueno, prata para Luís Carlos Júnior. Os caras da Globo/SporTv só falavam o que não deviam, quando não deviam e sempre em tom cucurbitáceo.

Nuzman e o francês

Quando se pensava que o ridículo dos Jogos foi o francês que se borrou durante a corrida – e como tal chegou em sétimo lugar –, na cerimônia de encerramento vem o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, de novo. Trêmulo, ufanista e exibicionista, falou o que o francês liberou e meteu-se a tradutor de si mesmo, orgulhoso da língua presa.

Amiga íntima

DILMA me faz lembrar a senhora que pintava o cabelo da cor laranja elétrico (sim, é o nome farmacológico). Passou a vida a chamar a atenção com aquele cabelo. Dizia-se que o problema não era a cor do cabelo. O problema era a falta da melhor amiga, a íntima, que ouve as confidências secretas e os desejos reprimidos. Aquela amiga com intimidade e coragem suficientes para dizer do ridículo da cor do cabelo. Dilma insiste em ir ao Senado, na sessão do impeachment, responder aos senadores que irão julgá-la.

Quem a conhece de discursos e entrevistas sabe o que virá: frases sem sentido, pensamento não articulado, a insuperável arrogância, a invencível autossuficiência e a incontinente grosseria. Dilma tem grandes amigas, as fotos mostram. Mas a ela – como à senhora do cabelo laranja elétrico – falta a melhor amiga, a da intimidade, que lhe diga para ficar em casa, que deixe rolar o impeachment. Indo ao Senado, fará dos convencidos, convictos, e aos indecisos convencerá que o impeachment é a melhor solução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>