9:40Abanar o rabo

por Ruy Castro

Os americanos gostam de acreditar que é feio mentir. Richard Nixon, por exemplo, renunciou à presidência em 1974 porque mentiu no caso Watergate. A história ensina, no entanto, que, nos EUA, o crime não é mentir, mas ser apanhado mentindo. E, mesmo assim, nem sempre – John Kennedy, Lyndon Johnson, Ronald Reagan, Bill Clinton e George W. Bush também foram apanhados e continuaram na Casa Branca.

Ao dizer que fora assaltado no Rio, o nadador Ryan Lochte mentiu para uma cidade que o recebia e admirava. Isso provocou uma comoção – imagine, um atleta americano assaltado em plena Olimpíada! — e mobilizou um enorme efetivo da polícia. Os jornais e TVs dos EUA somaram a palavra do seu atleta à habitual má vontade para com o Brasil, não viram o que discutir, e tome manchetes.

A reviravolta da história levou a imprensa americana a rever a maneira de tratá-la, pena que sem o estardalhaço da primeira versão. Ao Rio, satanizado em suas reportagens, deveria ter correspondido uma descrição completa de Lochte como arrogante, vândalo, fujão, covarde e mentiroso.

Tendo contra si todos os vídeos, testemunhos e até a confissão de seus colegas de esbórnia, Lochte ofereceu desculpas pífias à cidade e ao país. Reduziu o episódio a uma farra que fugiu do controle, omitiu o principal — sua mentira sobre o assalto — e mentiu de novo ao dizer que foi extorquido e ameaçado.

Mas Lochte parece saber com quem está lidando. Mário Andrada, diretor de comunicação do Comitê Rio-2016 — o mesmo funcionário que se apressou a pedir perdão aos EUA quando o caso começou —, aceitou correndo essas desculpas e exerceu o seu complexo de vira-lata ao também reduzir o caso a uma estudantada. Donde, desde já, fica autorizado a abanar o rabo para Ryan Lochte na próxima Olimpíada em que se encontrarem.

Uma ideia sobre “Abanar o rabo

  1. Fausto Thomaz

    Isso prova que vagabundo mentiroso tem em todo lugar…mas como eles são do tal “primeiro mundo”, fica menos feio neh.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>