14:39DELÍRIOS DE EXPOSIÇÃO

belograci

Sem noção e sem limites

 “O casal Belo, 42, e Gracyanne Barbosa, 32, chocou todo mundo ao mostrar que eles realmente são gente como a gente. Nesta quinta-feira (21), a morena contou uma história hilária em seu Snapchat. Segundo a famosa, o marido pensou que ela tivesse sido sequestrada ao não encontrá-la na casa. Mas, para a surpresa dele, ela somente estava no banheiro enfrentando os problemas causados por seu intestino preso.

“Eu tenho um problema de intestino preso. Quando vou ao banheiro fazer o número dois é um evento. Paro tudo quando dá vontade porque fico 10 dias sem ir. Segunda-feira, acordei cedo porque tinha fotos pra fazer e queria malhar antes. Estava há oito dias sem fazer nada, entupida, e deu aquela vontade. Pensei Graças a Deus, é hoje! Fui ao banheiro e estava toda aquela concentração e o marido entrou no banheiro junto. Lá em casa nós temos dois vasos, duas pias, mas é tudo junto. Eu falei: ‘justo agora?’ Meu marido tem a péssima mania de entrar junto no banheiro. Um saco”, disse a musa fitness afirmando que o cantor estava sonolento. Ao gritar: “Amor, fecha a porta!”, o pagodeiro se confundiu e entendeu: “Amor, desce aqui e me solta”.

“Eu estava travada lá, sem conseguir fazer o número dois porque a porta estava aberta. Só ouvia aquele silêncio. De repente, vi a cortina se mexendo, e gente no telhado, e comecei a gritar. O Belo então gritou desesperadamente: ‘amor, amor, onde é que você está?’ E eu gritando: ‘estou no banheiro’. Eu não estava entendendo porque ele estava me chamando. Achei que ele estava de sacanagem e não deixando eu fazer as necessidades que eu precisava tanto. Eu ouvi aquele barulho de gente no telhado, a correria, e eu pensando que eu só precisava fazer cocô. Foi quando ouvi ele chamar a minha irmã e falar para ela ir dentro do salão porque eu estava presa e tinha sido sequestrada”, narrou ela. “Ele tinha certeza que eu estava lá dentro com os bandidos e falou que ia me salvar. Eu só queria fazer cocô e não fiz”, finalizou Gracyanne aos risos.”

(Do yahoo/estilo)

Funcional e letal

O deputado Eduardo Cunha deixa a mansão de presidente da câmara federal e passa a ocupar apartamento funcional. É aí que mora o perigo: Cunha funcional.

Samba do terrorista doido

Esses terroristas brasileiros do Exército Islâmico são de araque. Começa pelo nome do líder, Abdul Jabad Al Brazili, e termina pela mulher, que falou da turma no Facebook. Os caras queriam comprar fuzil pela internet. Mais um pouco encomendavam uniforme de terrorista na costureira do bairro.

Madame Dodói

Dilma queixa-se do ‘golpe’: dói mais que o câncer e as torturas da ditadura. Fazia tempo que não dava o ar de sua desgraça.

O chiclete dos Santana

O casal João Santana, marqueteiros de Dilma, contam sob delação que receberam pelo caixa dois da campanha de Dilma. Até aí morreu Neves, só os petofanáticos acreditam que o financiamento da eleição presidencial foi limpo.

O que realmente importa na delação dos Santanas é a marca do chiclete que mascavam quando presos. Pelo sorriso dos dois, o chiclete era vitaminado. Delegados, procuradores e juiz da Lava Jato só investigaram a outra goma.

Cadê a caixa?

Dilma sobe nas tamancas e rebate a delação do casal Santana, seus marqueteiros: nunca autorizou pagamento a eles pelo caixa dois. Ela nunca fez nada e nada autorizou, seja na Petrobras, na Casa Civil ou na presidência.

Se não autorizou pagamentos pelo caixa dois, o que foi feito do caixa dois? Lembra o outro presidente impichado. Até hoje tem gente à procura do caixa dois da campanha de Fernando Collor. Por favor não confundam José Vaccari com PC Farias.

Deontologia

Os partidos políticos brasileiros expulsam mais filiados por infidelidade que pela prática de corrupção. Facilmente explicável. O corrupto espalha a propina, compartilha o produto do crime com os colegas. O infiel quer tudo para si. Questão de deontologia, a ciência dos valores.

ROGÉRIO DISTÉFANO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>