20:31que o diabo nunca me carregue

de Roberto Prado

foi pesadelo

com certeza

eu ria

olhando o rio

meu rosto

refletido

prosseguiu

seguindo

a correnteza

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>