8:28O PSC, a surdez e o bonde

Do analista dos Planaltos

O PSC,  que ainda é o partido do Ratinho Junior, senta com todo mundo para negociar e não fecha com ninguém. Dia desses ouviram Ney Leprevost; ontem foi a vez do Rafael Greca. O partido escuta tanto que pode acabar ficando surdo. Os céticos da legenda acham que, pela lógica, o melhor caminho seria na direção de Gustavo Fruet, já que todos os vereadores sempre foram bem atendidos pela administração do prefeito. Mas como a ideologia na política é algo que não conta mais nada, tudo pode acontecer – inclusive o PSC perder o bonde.

3 ideias sobre “O PSC, a surdez e o bonde

  1. sergio silvestre

    Pois é,olhando a planície e pensando ,não tem nada que possa consertar essa esculhambação.
    Povo que da mais de 200 mil votos para um sujeito que é chamado de “rato’é o fim da picada e o que é piór,as iniciais do partido parecem siglas de facções criminosas,é ,tem muito a ver.

  2. jose

    silvestre silvestre…se é assim, o que dizer em quem vota em um sujeito que é chamado de “lula”…o comentariozinho imbecil este seu hein!!! Aliás fora de propósito também porque afinal você deve votar em Londrina não é mesmo?
    Agora, deixa ver se entendi, se o nome dele for “bunitinho” você vota né, por exemplo, “requião filho” que na verdade é maurício e não tem o filho no nome.
    E antes que você ache que sou “eleitor” desta cambada, aí vai, não voto em:
    - quem quer ser reeleito;
    - quem já tem mandato e não renuncia;
    - que é parente de político;
    - quem nunca trabalhou na vida;
    - quem é ligado a sindicato, movimentos sociais fora da lei ou ongs fantasmas.

  3. Zé Ninguém

    O Ratinho e a sua trupe estão certos, só depois que as pesquisas indicarem quem é que pode conseguir alguma coisa eles se posicionam, porque tomar partido agora? E o palerma não foi tão “legal” assim com o pessoal do partido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>