8:18Onde está a independência?

De um funcionário graduado do TC ao lembrar os 15 segundos de fama do Ministério Público de Contas em 2015, quando foi confundido com o MP Estadual, que é de fato independente, na questão do parecer em que desaprovava as contas do governo do Paraná e que foi pulverizado pela maioria dos conselheiros: “Os procuradores fazem parte da folha de pagamento do TC, que é órgão auxiliar da Assembleia Legislativa – e até para tirar férias precisam pedir autorização, que é analisada pelos conselheiros em plenário”.

Uma ideia sobre “Onde está a independência?

  1. cético

    agora me pergunto, para que serve então este instituto, se bem que ainda não descobrimos exatamente para que serve o próprio tribunal de contas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>