7:57Louco?

Diante de tudo o que está acontecendo, o que Fernando Collor e sua tropa fizeram quando no comando do país pode ser considerado brincadeira de crianças inconsequentes. O atual senador, que faz parte da base política da presidente Dilma, poderia até se defender das acusações do passado ao fazer as comparações – e, como slogan, usar a seguinte expressão: “E eu é que era louco…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *