7:35Alertas

Neste ano, o sistema de prevenção de acidentes ambientais da Defesa Civil do Paraná, reconhecido pela ONU pela estrutura e eficiência, registrou cerca de quinhentas ocorrências. Um dos maiores problemas da rede que, dependendo do caso, aciona ações preventivas, é a falta de envolvimento dos chamados agentes municipais e, também, da população, por falta de conhecimento e uma cultura a possibilidade de acidente dificilmente é questionada. O caso de Mariana é citado pela cadeia de desleixo que começou na empresa, passa pela falta de fiscalização dos chamados órgãos competentes e chega aos moradores atingidos, que nunca pressionaram os responsáveis para que tomassem providências preventivas, a começar pela simples sirene de alerta, porque nunca pensaram no risco que corriam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>