23:02Dois patinhos na lagoa

Do blog Cabeça de Pedra

Vamos espalhar lindas pétalas por meio de boas palavras. Olhei em cima da geladeira e, ao lado dos dois pinguins, um preto e o outro branco, o calendário marcava um dia do mês em números vermelhos – a frase, embaixo. Dois patinhos na lagoa, logo lembrei. Era a cantada da pedra da tômbola, como chamávamos naquele tempo – e isso fazia vibrar toda aquela vizinhança que se reunia no fundo de um quintal onde havia várias casas. Não, não era cortiço. Ali morava uma grande família. Pétalas na lembrança. Como é bom! Recordar feito em Amarcord, o grande filme. Cada um tem o seu script. Eu olhei o 22 e comecei a escrevê-lo. Vi até a cartela aqui na minha frente, com o verde e branco das casas. Coloquei o feijão em cima. Não ganhei nada. Ganhei tudo. Porque olhei para o calendário que parou no tempo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>