14:39O paranaense do partido da mulher

Do jeito que veio: 

O deputado Toninho Wandscheer não escolheu o Pros, do qual seu filho Tiago Henrique é presidente no Paraná. O ex-petista se filiou ao Partido da Mulher Brasileira (PMB), recém criado junto ao TSE no final de setembro. Outro filho de Toninho, Alisson Wandscheer, suplente de deputado estadual, trocou o PT pelo Pros e é pré-candidato a prefeito em Foz do Iguaçu.

A opção de Toninho Wandscheer pelo PMB é sintomática. No novo partido, conforme a legislação eleitoral, o PT não pode requerer seu mandato. Se optasse pelo Pros, o PT pediria seu mandato no TSE para o suplente Angelo Vanhoni.

Já o PMB, o 35º partido do País, já tem sete parlamentares federais em sua bancada, contudo, nenhuma mulher. Até o momento, migraram para o PMB os deputados Domingos Neto e Valtenir Pereira (ex-Pros), Weliton Prado e Toninho Wandscheer (ex-PT), Victor Mendes (ex-PV), Ezequiel Teixeira (ex-SD) e Pastor Franklin (ex-PTdoB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>