6:44Juiz dá 20 dias para governador do PR explicar fim de semana em Paris

Do UOL

O juiz Roger Vinicius Pires de Camargo Oliveira, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba (Paraná), deu 20 dias, a partir de terça-feira (10), para que o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), justifique a estadia de um fim de semana em Paris, em uma viagem realizada para Rússia, China e França, no mês passado. A comitiva do governador, segundo aFolha de S.Paulo, teria se hospedado em um hotel 5 estrelas da capital francesa, sem uma missão oficial para o período.

Além de conceder uma justificativa formal para a parada de dois dias em Paris, o governador terá que esclarecer uma série de informações: os comprovantes de pagamentos das despesas e os de que membros da comitiva restituíram ao erário, o nome dos membros da comitiva internacional e suas respectivas funções e a agenda de compromissos realizados, entre outras.

Por meio de nota, a Procuradoria Geral do Estado do Paraná afirmou ainda não ter sido notificada da decisão e que vai se manifestar após tomar conhecimento do teor da ação. “De antemão, o governo do Estado reafirma que a agenda da missão comercial na China, Rússia e França foi transparente e pública, podendo ser acompanhada pela página oficial do governo do Estado na internet. Todas as informações que vierem a ser requeridas serão repassadas de imediato a partir da recepção da notificação”, diz a nota.

Realizada em outubro, a viagem oficial passou por China, Rússia e França para apresentar o Paraná com o propósito de trazer investimentos estrangeiros ao Estado. Os membros da comitiva viajaram em uma sexta-feira e permaneceram na capital francesa até a segunda-feira pela manhã. Na época, a justificativa foi uma “parada técnica” em razão da necessidade de conexões para chegar à China.

 

2 ideias sobre “Juiz dá 20 dias para governador do PR explicar fim de semana em Paris

  1. Sergio Silvestre

    Acho que o distinto governador se esqueceu,então ele vai ter que fazer novamente o TOUR para memorizar tudo de novo,será que em 20 dias dá.

  2. Oto Lindenbrock Neto

    O juiz quer explicações do tipo: vale mais a pena comprar nas Galeries Lafayette ou na Printemps? Vale a pena andar de táxi ou é melhor usar o metrô? O serviço do Hotel Napoleon é mesmo 5 estrelas? Os funcionários são simpáticos com não falantes de francês? Qual o preço do ingresso do Louvre? (duvido que o governador se interesse por museus, mas, vá lá!) . Dicas de bons restaurantes na Rive Gauche; qual melhor espetáculo: Moulin Rouge, Lido ou Crazy Horse? Tem outlets em Paris? A Justiça do Estado (juízes e desembargadores) devem estar mais interessados em roteiros turísticos em Paris do que em probidade administrativa. Ou algum governador ou prefeito de grande município já respondeu e foi condenado por improbidade no glorioso Maranhão do Sul?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>