15:41Ataque imperialista

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, disse que foi um “ataque imperialista” a prisão de dois sobrinhos da mulher dele por tráfico de drogas nos Estados Unidos. As “vítimas” chegara a presentear um quilo de cocaína a agentes da DEA disfarçados que foram até Caracas. Depois os parentes do presidente viajaram para o Império a fim de negociar a exportação de 800 quilos da droga. Foram presos. Disseram no ato que eram parentes de Maduro e tinham passaporte diplomático. Expressionante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>