7:43Debandada

Do analista dos Planaltos

A senadora Gleisi Hoffmann, líder do PT paranaense, e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, perderam  mais um deputado federal eleito pelo partido em 2014 no Paraná. Além de Toninho Wandscheer, ex-prefeito de Fazenda Rio Grande e deputado estadual, que já comanda o PROS estadual, agora Assis do Couto vai deve ir para o PP, onde sobram as duas vagas de Nelson Meurer (Francisco Beltrão) e Dilceu Sperafico (Toledo) que ficarão de fora da próxima disputa eleitoral depois de serem pegos na Operação Lava Jato pelos dólares de Alberto Youssef e o seu Petrolão. 

Outro partido que deseja o passe do sudoestino Assis do Couto é o PDT do prefeito da capital Gustavo Fruet, que pretende disputar o governo paranaense em 2018, com Osmar Dias ao Semado, e já negocia a transferência do deputado de Capanema.


A chapa de Gleisi Hoffmann em 2014 perdeu até agora três deputados federais,já que Aliel Machado (Ponta Grossa) deixou o PCdoB e migrou para a Rede, de Marina Silva. Sobram até o momento os deputados federais Zeca Dirceu e Enio Verri, do PT, e Cristyane Yared, do PTN.

Uma ideia sobre “Debandada

  1. Insosso

    O comunista novinho deixou o partido de esquerda? E foi pra Rede pra ver se tem mais peixe?
    Ó insosso quer enganar quem? Vai pro PDT pra mamar no governo Fruet?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>