7:44Capivara x Grimpeiro

Mensagem enviada pelo advogado Marcelo Araújo, que está em guerra aberta contra o prefeito de Curitiba:

Gustavo Fruet, o prefs que não conhece a cidade que governa, presenteia o cônsul-geral dos EUA, Ricardo Zuniga, com uma capivara, alegando ser o símbolo de Curitiba. NÃO!  Capivara é o símbolo da  gestão e da página de humor “Prefeitura de Curitiba”. O Símbolo de Curitiba (por voto popular, em 1999) é o Palácio da Luz, prédio histórico da UFPR, primeira universidade do Brasil. O único animal irracional a representar oficialmente a cidade, é o GRIMPEIRO (Leptasthenura setaria), por força da lei 13.544/2010. Os símbolos heráldicos da cidade são o Hino (1998), a Bandeira (1967) e o Brasão de Armas (1894), baseados no Art. 9º da LOM. Nada de capivaras, que têm prazo de validade: 31 de dezembro de 2016.

 

10 ideias sobre “Capivara x Grimpeiro

  1. antonio

    hehehehe. Nada temos a comentar. Trata-se de uma guerra pessoal entre o ilustre cidadão e o Prefeito, cujas razões desconhecemos. E que precisa de blog de terceiros de boa paz para que algum público tenha conhecimento.

  2. Armando Antunes

    A atual gestão deveria adotar como símbolo a “anta”, tem muitos exemplares no Governo Municipal

  3. MARCELO ARAÚJO

    Zezinho, agradeço por reconhecer que a razão me assiste. Quanto à credibilidade eu realmente não tenho conhecimento de qualquer contestação de algo que eu tenha falado sobre minha área de atuação, e de forma especial nos erros por ignorância praticados no trânsito por esta gestão, note-se o cancelamento de 50 mil multas por não renovação de contrato com os Correios, contrato emergencial de pátio e transferência de veículos por perda de prazo, autuações indevidas na Linha Verde. Qual é o conceito de credibilidade?

    Antônio, não tem nada de pessoal. Gustavo foi meu contemporâneo na UFPR, e estudamos no mesmo prédio que ele desconhece ser símbolo da cidade. É uma boa pessoa, gosto dele. Politicamente ele argumentou que o Ducci fora omisso ao ter me nomeado Secretário, e eu me senti convocado por ele a explicar o significado da palavra OMISSO.
    Vejam que a situação não se trata de briga pessoal, e sim de compreensão sobre conceitos como credibilidade e omissão. Quem dá uma capivara e uma camiseta do Coxa como símbolos da cidade tem credibilidade?
    Meu pai ensinou que não se deve encontrar suas qualidades nos defeitos dos outros, mas nesse caso o Gustavo para ficar ruim ainda tem que melhorar muito.

  4. TOLEDO

    Marcelo, eu acho que voce brincou de médico com o Fruet e ele foi duro com voce. Nossa é muito rancor,parece eu com o Petraglia.

  5. Franco

    Quanta mágoa.
    Será que tem a ver com aquela estória do diretor de trânsito que tinha “trocentas” multas pendentes e manejava habilmente a chicana administrativa para safar-se ?

  6. Jean

    Parabens Marcelo!
    Continue mostrando os desmandos do menino Gustavo Fruet em Curitiba…
    Ninguem merece esse incompetente cuidando da nossa cidade por mais 04 anos…

  7. Tanso

    O tal cônsul americano deve ter saído desenxabido daqui. Imagina!!! enganaram ele. Uma capivara. que coisa mais terceiro mundista. tsc tsc tsc

  8. MARCELO ARAÚJO

    Leandro, Toledo e Franco,
    Entre eu e o Prefeito não em nada de mais. Apenas aprendi com ele que amigos-amigos, política à parte, e estou colocando em prática o que ele me ensinou.
    Não brinquei de médico com ele, até porque pela cara e pelo jeitão ele não saberia nem ser o médico nem o paciente. Duro ele não é, é bananão, lento e manso.
    Nem rancor nem mágoa, desaforo pra casa não é comigo. Deu…levou!
    A tal história dos tais pontos, fruto da mente maldosa, mentirosa e covarde de um crápula vagabundo chamado Celso Nascimento, a dele nem começou!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>