13:15A fábula do rei barbudo

por Dirceu Pio*

O PT enfiou o país numa profunda crise, que acima de tudo, é de valor. O brasileiro não tem mais em quem e no que acreditar. O castelo de cartas ruiu fragorosamente. A fábula de que o povo elegeria um rei-barbudo, símbolo de talento e honestidade, um rei-barbudo sábio o suficiente para colocar o país no caminho certo, transformando-o num país mais justo, com um povo educado, bem atendido em todas as suas necessidades básicas, virou pó.

E o que nos sobrou ? Nada, a  não ser a poeira da estrada que teremos de percorrer para refazer tudo, remontar, tentar encontrar novos caminhos. Dá uma imensa tristeza ver que os heróis do povo eram na verdade um bando de saqueadores, arrogantes, que não sabiam  olhar para os lados, de olhos fixos  no próprio umbigo e capazes de trocar, sem que ninguém percebesse, a generosidade pela crueldade.

Descobrimos, desolados, que o rei-barbudo não passava de um espertinho, fanfarrão, aproveitador. Uma figura malandra, incansável em tirar do poder que o povo lhe deu o máximo de regalias para si e para um dos filhos, hoje considerado um dos homens mais ricos do país.

Estamos enfiados num país sem justiça, violento, cruel. Assistimos impotentes o drama dos brasileiros de valor sendo esfaqueados, sugados, assassinados, tratados como animais pelo sistema de saúde, sem que possamos fazer muita coisa a não ser reclamar, gritar, espernear, gemer. Isto está longe, muito longe de ser o país que nos foi prometido, compramos um país de luxo e nos entregaram um país de merda, um país muito pior do que aquele que receberam há 15 anos atrás. Se pelo menos nos devolvessem…Mas não ! Estão agarrados a ele de unhas e dentes, já devoraram a carne, sugaram o sangue e se prendem agora aos despojos com garras  atoladas até o talo ,  acenando com mais crueldade.

Ninguém sabe onde iremos parar. Graças a Deus, embora tarde, muito tarde , o povo percebeu o logro e emite sinais claros de que PT nunca mais.

SAPOREI

 

Ilustração de Ives

*Dirceu Pio é jornalista, ex-chefe da sucursal do jornal O Estado de São Paulo em Curitiba e ex-diretor da Gazeta Mercantil

7 ideias sobre “A fábula do rei barbudo

  1. TOLEDO

    Nossa, quanta PT-Fobia. O bom mesmo era se o Aécio, aquele trabalhador, e netinho preferido tivesse ganho a eleição. Ou quem sabe em 2018 o Picolé de Chuchu ou ainda o Príncipe, aquele que tem um AP de 10 milhões de Euros em Paris. Será que mestre Pio não quer entrar na Globo e fazer o programa com aquele menino o Mainardi e aprender uma pouco mais a andar pela direita. Mas o ilustre Ex deve ter na família alguém estudando com dinheiro do FIES ou pagando consignado e recebendo remédios da Farmácia Popular.

  2. Sergio Silvestre

    O Pio disse tudo,precisamos urgente uma intervenção americana,eles ficam com nosso petroleo e de quebra com nossos políticos.Levem um pouco para guantanamo até por que o ar cheira um pouco Cuba e os mais sofisticados que ai incluem os tucanos,deve ter algum presidio perto de Miami para que eles escutem ao menos o barulho das ondas e o cheiro de camarão pistola que vem dos restaurantes vizinhos.

    Ou o Pio acha que podemos restaurar o Aécio e o Beto Richa.

  3. Clint Eastwood

    Mas o pior de tudo é que o 51 convenceu a tigrada da Vila Fuck de que somos os caras, conosco ninguém pode, até a Copa das Copas que poderia ser um fracasso, não foi. Estamos convencidos de que a crise não existe, que o desemprego é passageiro e que a retomada do crescimento econômico é uma questão de semanas. Fora Levy, volta 51.

  4. zé antonio

    Não sou e nunca fui petista…mas fiquei surpreso com a parcialidade do Professor Pio matando a vaca por conta do carrapato..é inegável que o governo Lula fez a vida de muitos brasileiros melhorar…O senhor que trabalha em universidade sabe disso,só para citar um exemplo…

  5. Pingback: Desculpe, errei o alvo | Blog do Zé Beto

  6. TOLEDO

    Quem sabe o Pio não quer ser articulista da Veja. O jeitão ele já tem, só falta ficar um pouco mais raivoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>