15:58PEC da Bengala no caminho de Fachin

Do correspondente em Brasília 

Poucos perceberam, mas há um novo obstáculo para nomeação do jurista paranaense Luis Edson Fachin a uma das cadeiras do Supremo Tribunal Federal (STF): a PEC da Bengala. Com a nova legislação, que elevou de 70 para 75 anos a idade da aposentadoria compulsória, a presidente Dilma Roussef terá apenas uma indicação a mais alta corte do país. Antes da PEC cinco cadeiras ficariam vaga até 2018. Por isso tem muita gente próxima da presidente defendendo a reprovação do nome de Fachin e a  indicação de alguém mais alinhado ao PT. Nesse caso surgem os nomes de Luis Adams, chefe da Advocacial Geral da União, e do ministro da Justiça José Eduardo Cardozo.

2 ideias sobre “PEC da Bengala no caminho de Fachin

  1. Professor Xavier

    Só faltava esta mesmo, vão trocar um pestista disfarçado por outro declarado? Aí não vale.

  2. antonio

    Não sei se é delírio do Correspondente ou posição mesma do PT. Daí e que não passa no Senado. Jamais vão eleger alguém alinhado escancaradamente ao PT no atual momento em que está sozinho. Portanto elejam o Fachin e lambam os beiços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>