9:26O boato da renúncia

Do Goela de Ouro

No auge do incêndio no Palácio Iguaçu que se seguiu e se prolongou depois da batalha do dia 29 de abril, teve gente graúda que apostou até numa possível renúncia do governador Beto Richa. Quando tal pensamento se materializou na Assembleia Legislativa, a reação de alguns deputados foi imediata: seria muito pior lidar com Ricardo Barros.

5 ideias sobre “O boato da renúncia

  1. Paulão

    Por quê? A mulher dele, que é a vice, não tem cérebro ou é apenas pau mandado? O machismo latino campeia também nas terras do sul, mesmo naquelas que se acham a sombra do primeiro mundo.

  2. Jean

    Só pode ter sido no gabinete ao qual o Foi lá? se referiu…
    Quem se denomina “politico graúdo” e ter pensado uma m*rda dessas não pode ser definido como tal…

  3. Olivio Sottomaior

    Se fosse no Japão o político que cai em desgraça perante a população não pede renúncia, ele comete um ato de bravura para limpar sua honra – que é o HARAKIRI com espada de samurai; ainda há tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>