10:04Contratos viram munição contra Fachin no STF

Da coluna  “Diário do Poder”, do jornalista Claudio Humberto

O discurso contra a indicação do advogado Luiz Edson Fachin para o Supremo Tribunal Federal ganhou força com a distribuição de documentos a senadores mostrando que entre 2008 e 2013 seu escritório foi contratado pela estatal Itaipu Binacional para atuar em ações no próprio STF. O escritório Fachin Advogados Associados recebeu R$ 6 milhões em seis anos. Um dos contratos, de R$ 1,39 milhão, fechado em novembro de 2013, ainda está em vigor.

Lado Paraguaio

Fachin também foi contratado, em 2009, para defender no STF os interesses paraguaios contra o Brasil, em Itaipu.

Começou em 2008

O primeiro contrato entre a estatal Itaipu e o advogado Luiz Fachin foi celebrado em 2008 no valor de R$ 1,35 milhão.

Trabalho regular

No ano de 2009, o escritório do advogado Fachin ganhou mais R$ 276 mil de Itaipu. Entre 2010 e 2012, foram R$ 696 mil ao ano.

Uma ideia sobre “Contratos viram munição contra Fachin no STF

  1. Simão Bacamarte

    Nada como ser socialista e ganhar milhões dos capitalistas. Afinal, é uma forma de vingança contra o sistema: cobrar muito dos poderosos é uma forma de redistribuir a renda. Mesmo que seja uma empresa bi-nacional estatal. Depois, quem sabe, jogar golfe no country clube, pensando em redistribuir o campo para os sem-terra…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>