18:34MP-PR vai apurar excesso na repressão às manifestações

O Ministério Público do Paraná informa:

MP-PR instaura procedimento para apurar excesso na repressão às manifestações no entorno da ALEP 

O procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia, determinou a instauração de procedimento destinado a apurar responsabilidades por eventual excesso na repressão das manifestações públicas ocorridas nesta quarta-feira (29), nas imediações da Assembleia Legislativa do Paraná. O MP-PR já havia expedido Recomendação ao Governo do Estado, à Secretaria de Segurança Pública e ao Comando-Geral da Polícia Militar no sentido de que a intervenção policial se limitasse a garantir a segurança dos manifestantes, excetuada a contenção de eventuais infrações penais.

Clique aqui e conheça a íntegra da Recomendação expedida pelo MP-PR.Para conduzir as investigações, o procurador-geral designou os promotores de Justiça Paulo Sérgio Markowicz de Lima e Maurício Cirino dos Santos, que estarão, já a partir desta quinta-feira (30), na sede da PGJ, em Curitiba (Rua Marechal Hermes, 751, Centro Cívico), colhendo informações, depoimentos, laudos e documentos, bem como recebendo registros de imagem (fotos e vídeos) sobre o ocorrido.

o.

 

 

Uma ideia sobre “MP-PR vai apurar excesso na repressão às manifestações

  1. Zangado

    Não percam tempo.
    Façam jus ao auxílio-moradia.
    Comecem a apurar a responsabilidade dos governadores anterior e atual que não aportaram a parte do Estado na ParanáPrevi e, aí sim, deram causa ao abalo da sustentabilidade do sistema previdenciário.
    O resto nessa altura do conflito é quererem dizer que estão vivos, mas estão mortos para a sociedade que os paga.
    Chega de compadrio de poderes públicos no Estado em detrimento da sociedade e do servidor público!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>