10:25O PMDB e a fidelidade

Do analista dos Planaltos

Na próxima segunda-feira o diretório do PMDB no Paraná se reúne para falar e delegar sobre fidelidade partidária. A convocação é do senador Roberto Requião. Ele tem dito que quer expulsar da legenda os “infiéis” que estão no governo Richa e também impedir que deputados do partido estejam na liderança do governo, conflito, claro, com o deputado Luiz Claudio Romanelli, que está atualmente no posto. A real intenção de Requião passa longe de debater fidelidade. Ele deseja, sim, defenestrar os inimigos internos, tomar o total controle do partido e colocar o PMDB de corpo e alma na candidatura do filho, Maurício, à prefeitura de Curitiba no ano que vem, ou seja, nada de novo. Mas até segunda-feira há quem acredite que ânimos estejam um pouco mais calmos. Menos o do próprio Requião, para variar.

Uma ideia sobre “O PMDB e a fidelidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>