11:24Vai explodir!

Do enviado especial

Paulo Salamuni (PV), o sempre fiel líder do prefeito na Câmara de Curitiba, não aguenta mais seus colegas vereadores. Todas as manhãs ele recebe uma chuva de críticas dos parlamentares da base sobre a administração de Gustavo Fruet (PDT). Salamuni tem sido um Buda no exercício da paciência, mas está prestes a explodir. 

5 ideias sobre “Vai explodir!

  1. leandro

    Se o “saco” do Paulo Salamuni já encheu, imaginem o da população como está, se é que ainda existe.
    Não dá para entender o que aconteceu em Curitiba. O transporte que sempre foi referência mundial, está sucateado e isso aconteceu de repente e nos últimos 2 anos. A integração do transporte coma região metropolitana, Araucária, São José, Campo Largo etc, conquista da população que recebeu na década de 80 através de ações do Prefeito Jaime Lerner também acabou. Temos que lembrar que quem na época forçou e fez essa integração e sustentou até pouco tempo foram ações integradas entre Prefeitura e Estado (COMEC) e de uma hora para outra a coisa desandou. O programa de coleta seletiva esfriou , o lixo que não é lixo, a família folhas, a orientação das crianças nas escolas para educarem os pais a não sujar a cidade. O que parece é que muitos que nasceram pós 2000 desconhecem totalmente como quem e o que foi feito na cidade, não se sabe como andam programas tipo Cambio Verde, por exemplo, . já ficou maduro e apodreceu, as vias expressas estão aí desde a década de 70 e até poucos anos serviam como referência no transporte. A limpeza da cidade não anda lá essa coisas. Então o que aconteceu? A falta de recursos sempre foi uma constante em qualquer administração pública, mas, os problemas, as prioridades e o foco eram estabelecidos com gestão. Não adiantou nada o Governo do Estado, por exemplo contratar uma tal de INDG para fazer consultoria de gestão se o Estado está do jeito que vemos. Na Prefeitura a situação é a mesma, tirando o “problema político” não se vê gestão prática só teoria, onde o IPPUC é fraco, o IMAP que teria a missão de criar mecanismos de gestão não se ouve falar. Assim o Prefeito parece estar refém de seus secretários e assessores que mal comparando parecem ” um polaco de cada colônia”. Dá a impressão de que não se falam, não discutem na mesa do antigo Bar do Pasquale, no café da Boca Maldita , na famosa sala redonda do IPPUC, algumas soluções que deram certo durante anos na cidade.
    Um dos Prefeitos anteriores sempre dizia que em Curitiba, existem várias Curitiba, uma é dos cidadãos que são nascido aqui desde outras gerações e querem o melhor para si e para a cidade e querem sempre mais. Outra Curitiba, é dos que para cá vieram e aprenderam agostar da cidade e de que encontraram aqui. A outra Curitiba, é a de quem ouviu falar daqui e comprovou o que na realidade existe. Também tem a Curitiba daqueles que são excluídos e querem chegar a ter tudo que os outros possuem. Hoje em dia o que choca e mostra é a uma total inércia de gestão e assim Curitiba, passou a ser uma cidade igual, pois se não existissem os equipamentos referenciais da cidade nos estaríamos em um mundo pior ainda. O que parece é que não se tem mais ideias novas e mesmo capacidade de manter o que de bom existia na nossa cidade. É uma pena.

  2. Tanso

    Esse Leandro aí em cima é cupincha dos tucanos apeados da prefeitura. Os vereadores de Curitiba, como do resto do país, são de uma primariedade atroz. Sujeitos semi-analfabetos. Estão interessados tão somente em ações e intervenções que lhes favoreça na próxima eleição e não no que deveriam, ou seja, legislar e fiscalizar o executivo. Sei porque estive em uma das secretarias municipais e vi o joguinho sujo desses pulhas. Planejamento, obras, projetos, captação de recursos deveria ser com o Executivo, mas aí não rende nada na próxima eleição, né??? Mas é que eu sou meio tanso.

  3. juca

    Vendo uma notícia desse tipo fico mesmo abismado com o “grande trabalho” que os nossos legisladores fazem, entre todos um é de suma importância, que ´de dar nomes de ruas a pessoas eméritas da cidade ou do país. Muito bem, entre tantas preocupações com a vida dos curitibanos, um dos vereadores, Pedro Paulo, líder do Prefeito e do PT se preocupou em retirar nomes de ruas e locais públicos de pessoas que participaram da revolução de 64, mas só as do lado contrário a turma do PT, nem sei qual a idade do nobre vereador, mas deve ter sabido do que aconteceu por histórias contadas, sendo verdadeiras ou falsas mas ouviu. Politicamente o vereado e outros da mesma linha ideológica tem o direito de expressar suas convicções que hoje em dia são meio ulk, mas vá lá.
    Dentre as preocupações agora o nobre vereador está propondo através de projeto de lei em retirar de cara o nome da Avenida Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, então seguindo a mesma linha, deveria o nobre vereador propor a retirada de outros dois Marechais, o Deodoro da Fonseca, 1º na República que também não foi eleito e o do Marechal Floriano Peixoto, este em alguns livros de historiadores considerado um “sanguinário”.
    Pois bem também que lembre temos um prédio da antiga TELEPAR que tem o nome de Marechal Arthur da Costa e Silva.
    A seguir por esse caminho só dá para esperar que logo o nobre vereador estará propondo o nome de Zé Dirceu, Lula e outros em prédios ou logradouros públicos no futuro e assim já está reservando esses locais para os futuros homenageados que hoje fazem parte do seleto grupode amigos do atual governo de plantão.
    Tem tanta coisa tão mais importante que um vereador deve se preocupar do que essa atitude. Deveria ter preocupações com o estado de nossas ruas que além de quebrarem as suspenções dos automóveis, quebram a coluna dos motoristas, com o lixo mal coletado, com a limpeza nos parques, ruas e logradouros públicos, com a sinalização de trânsito, com o “Mercado Persa que se na cidade, onde há competição dos vendedores informais contra o comerciante que paga impostos, com a iluminação pública que está sucateada em vários pontos e praças e se preocupar em fiscalizar os atos do executivo e propor leis em benefício da população e da gestão pública e parar com essa picuinha .

  4. leandro

    TANSO….TANSO….TANSO …. Leia melhor e interprete o que está escrito. Você até parece um cara que eu conheço que não sabia nada, começou a se interessar pela cidade, mas ele era tão TANSO, mas tão TANSO que além de não saber nada, mais nada mesmo ainda depois de algumas aulas sobre a cidade acabou saindo por aí sem saber nada mais e ainda esqueceu 50%. TANSO… TANSO fica feio falar daquilo que não conhece daí só sai TANSISE. Você até parece ser uma pessoa de alguma inteligência, mais ou menos como o ….. PATETA , mas um pouco introvertido sem confiança naquilo que prega. Então TANSO… TANSO leia mais e pratique também quem sabe algum dia você possa saber muito sobre Curitiba, isso se não acabarem de vez com a cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>