17:39Troféus de Guerra

por Wilson Bueno

Ninguém, absolutamente ninguém vai trazer de volta os teus vinte anos que deram de acontecer em 1969. Escarre e cuspa, descumpra o horário, desande a tua íntima epilepsia – curvo salgado do incêndio tamanho, herói pornográfico, bandalho sobrevivente da Guerra das Sombras.

Assim, sem piedade ou comiseração: neste lado do bosque o teu sonho angustiado comido pelo Dragão – nenhum rastro de sangue sobre o asfalto que o sol consome; no braço, esta mancha aqui em lembrança do cigarro aceso durante os trabalhos-de-sevícia; no espírito, consideráveis lacunas e o desconforto intermitente de lamentar, ontem e sempre, o que poderia ter sido mas não foi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>