7:48Ruim

A administração Dilma Rousseff/Lula não precisava inventar um slogan tão fora da realidade como este “Brasil, pátria educadora” do segundo governo – a lorota que atentou contra quem tem pelo menos o Tico e o Teco para pensar. Bastava recorrer à Escolinha do Professor Raimundo e ao bordão da personagem Célia Caridosa de Melo vivido pela atriz Nádia Maria em tempos de antanho: “Ruim comigo, pior sem migo”.

Uma ideia sobre “Ruim

  1. Sergio Silvestre

    Educação nunca foi muito aceito por sociedades,povo inteligente é povo que reivindica,dificil de ser manuseado.
    As irmandades obscuras sabem disso,as igrejas tambem sabem que quanto mais inteligente,menos fiéis.
    O capitalismo,comunismo,e todas as crenças religiosas vivem do muar,a grande manada que segue o flautista,o inteligente para eles é um problema,quantos menos tiver mais bão ter nãs mãos massa de manobra.
    As sociedades querem ignorantes para ser seus serviçais,para ganhar somente o necessario para se manter,sem ambições e as igrejas precisam dos humildes que abaixam a cabeça,que tem medo do inferno e que querem um lugar prometido por sacerdotes no céu.
    O homem inteligente é um homem perigoso para a sociedade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>