7:06Uma notícia

A ÓTV, canal a cabo do GRPCOM, encerrou as atividades, teve todos os funcionários demitidos, mas continua no ar de uma forma delirante. Uma câmera mostra, do alto, a rodoferroviária de Curitiba e, numa faixa no pé da tela, notícias atualizadas fornecidas pelo jornal Gazeta do Povo, que faz parte da empresa. deveriam ser transmitidas. Deveriam. Ontem, durante horas, a única informação, repetida à exaustão, era a da identificação de mais três vítimas do suposto “serial killer” carioca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>