10:27O livro e os 60 anos do Palácio Iguaçu

Do jeito que veio:

A história da construção do Palácio Iguaçu e das demais obras do Centenário do Paraná, as dificuldades encontradas e os bastidores desse empreendimento que marcou o Estado. Esses são alguns dos temas do livro “Palácio Iguaçu: coragem de realizar de Bento Munhoz da Rocha Netto”, que recebeu parecer favorável do Ministério da Cultura (MinC) e foi aprovado para a captação de patrocínios incentivados.

A obra do historiador Jair Elias dos Santos Júnior foi lançada em 2008. Agora é preparada a publicação de uma nova edição, revista e ampliada, em comemoração aos 60 anos de inauguração do Palácio, celebrado no dia 19 de dezembro deste ano. “O livro teve uma excelente aceitação e esgotou-se rapidamente, tendo sido referência para o projeto de reforma do Palácio”, explica o autor.​

A revitalização do prédio, que ocorreu entre 2006 e 2011, é um dos capítulos inéditos da nova edição. Outros episódios recentes na história do edifício, como o tombamento do Centro Cívico e a sua reinauguração, também são novidades. A ampliação da obra contará com o dobro de imagens da primeira edição e será trilíngue: além do português, os textos serão apresentados em inglês e espanhol.

A publicação será distribuída com finalidades culturais e pedagógicas para bibliotecas e escolas dos 399 municípios do Paraná. O projeto também prevê uma exposição itinerante com as imagens e histórico do Palácio Iguaçu.

Composto por 13 capítulos, o livro mostra as intenções e fatos marcantes que aconteceram durante a construção do Centro Cívico. “Felizmente os anos dourados de Bento e as obras do bairro não foram vítimas de concorrências viciadas, aditivos contratuais suspeitos e nem superfaturamentos. Corrupção não foi à marca do Centro Cívico”, relata Santos Júnior.

A obra traz ainda o histórico dos Palácios Rio Branco e São Francisco, sedes do governo anteriores do atual Palácio; a construção do Centro Cívico; a inauguração do Palácio Iguaçu [com detalhes dos bastidores] e os discursos feitos na solenidade. Dois capítulos especiais mostram fotografias de todos os atos históricos e posses dos governadores que utilizaram o edifício para governar o Estado. A vida de Bento Munhoz também é mostrada com fotos da sua infância até a sua morte, em 1973.

Audácia

A obra também homenageia a viúva do seu idealizador, Flora Camargo Munhoz da Rocha, falecida recentemente, que foi a grande responsável pela montagem do Palácio.

“Coragem de realizar”. Estas palavras, segundo o autor, foram mencionadas em várias reportagens que abordaram a construção do Centro Cívico no período de 1951 a 1954. Uma delas citava que “a coragem do atual governo em realizar obra tão grandiosa, deve ser ressaltada pela indiscutível projeção internacional do Centro Cívico e a demonstração pujante da capacidade administrativa daquele chefe de Estado. Sem aquela coragem, própria dos governos de ação construtiva, impossível seria a concretização do arrojado plano”.

Bento Munhoz da Rocha Netto definiu de maneira assertiva o caminho que seria trilhado pelo seu governo, ao dizer que “o que se fizer no Paraná, deve ser feito em grande escala, ou então não ser feito”. Mais adiante reafirmou que era “preciso ter coragem de realizar em tal escala que as construções, que as realizações quando terminadas não estejam envelhecidas, já não estejam superadas, já não estejam caducas e já não pertençam ao passado”.

Interessados em patrocinar ou apoiar a edição podem fazer contato pelo email: andre@nmconhecimento.com.br ou jair.elias@brturbo.com.br

Uma ideia sobre “O livro e os 60 anos do Palácio Iguaçu

  1. maria helena flynn

    na qualidade de arquiteta, trabalhando em São Paulo, tenho o maior interesse
    em ler este livro, pois minha área de atuação é história da arquitetura moderna brasileira.

    há exemplares disponíveis, para venda da 1ª edição?
    e esta edição está prevista para quando?

    acredito no sucesso deste livro e acho este empreendimento de vocês da maior relevância.
    parabéns pela iniciativa!

    Maria Helena Flynn

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>