9:16A lógica

A lógica dos pacotes com aumento de impostos atochados na ninguenzada é aquela tradicional: no finzinho do ano os governos passam a batata para os legisladores, que dizem sim rapidinho, depois de negociar o venha nós, porque ela é quente, e todos saem assoviando disfarçadamente, ou dizendo que as medidas são fundamentais para que o povo não sofra se o Estado ou Município quebrarem. Aí vem o Natal, Ano Novo, férias, Carnaval e… imagina-se que os que vão pagar a conta para equilibrar as finanças públicas já esqueceram. Isso é política!

3 ideias sobre “A lógica

  1. CURITIBANO ROXO

    O cidadão já sofre mesmo sem o estado ou o município “estar quebrado”, a verdade é que falta gestão técnica em todos os níveis de governo, federal, estadual e municipal.
    Incompetentes é o adjetivo que os qualificam.
    Essa corrupção socialista e essa politicagem do poder abriu caminho para roubos e gastos desnecessário que geraram os déficits públicos.
    O que falta neste país é mais informação política e menos futebol, telenovelas e BBB/Fazenda e outras merdas televisivas para tirar o foco das khdas dos governos.
    Os cidadãos devem ficar alerta, manifestarem e protestarem quanto sentirem que seus deputados, senadores e vereadores não os estão representando e sim sendo pelegos dos governantes e também, quando os poderes executivos abusarem nas suas atitudes .

  2. Professor Xavier

    Para viver feliz em Pindorama é preciso não ter memória, se não sofremos demais.. Depois do mais do mesmo por mais um reinado, joguei fora os betes, hoje não mais me incomoda ver gente estacionada em fila dupla, furando sinal ou ligando o pisca-alerta e o resto do trânsito que se lasque. Hoje faço vista grossa para tudo e finjo que vivo na Nova Zelândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>