14:54Ao leitor que se esconde sob o nome de “Carlinhos”

A resenha reproduzida abaixo é uma homenagem ao leitor que se esconde sob o pseudônimo de “Carlinhos” e que, com a mesma ignorância e preconceito de muitas pessoas que não têm a mínima ideia do que significa a doença da dependência química, imagina que ataca o signatário nos comentários escrevendo sobre o uso de cocaína. Carlinhos acha que é inteligente – esta sim uma doença sem cura para os idiotas, ao contrário daqueles que por um período perderam o controle da própria vida se drogando com cocaína, crack, álcool, etc, pois estes têm à chance da recuperação. A ele e a qualquer pessoa que precisar de minha modesta ajuda para conversar sobre o que aprendi em duas décadas de sobriedade e voluntariado em clínica de recuperação, estou sempre às ordens.

26 ideias sobre “Ao leitor que se esconde sob o nome de “Carlinhos”

  1. Carlinhos

    Lei os meus comentários e, se alguma vez eu iniciei alguma discussão preconceituosa ou te ataquei de alguma maneira, eu te peço desculpa. Sempre te respeitei, faço algumas provocações mas, apenas respondo as suas agressões.
    Graças a deus, a minha criação e convívio familiar não tenho a mínima ideia do que significa a doença da dependência química.
    Nos dois post de hoje não fiz nenhum comentário agressivo.
    Continuarei me manifestado e prometo não responder os teus comentários.

  2. Carlinhos

    Minha duas intervenções iniciais hoje e as suas respostas.

    A VIDA COMO ELA É
    · Carlinhos 10 de dezembro de 2014 às 7:57
    Se a praia é assim imagine o mangue como é.
    · Zé Beto Autor do post10 de dezembro de 2014 às 8:17
    você entendeu, cagão ambientalista. continue lendo acocorado atrás da moita e esperando a próxima para se masturbar.

    Sobre o direito de andar armado
    por Claudio Henrique de Castro*
    · Carlinhos 10 de dezembro de 2014 às 13:53
    A que faz falta uma arma? A alguém que quer se defender? A arma não é e nem nunca foi instrumento de defesa.
    A lei propõe que cada pessoa pode ter ate 9 armas. Quem precisa de 9 armas para se defender?
    Quem defende o direito ao armamento vai também defender o direito de usar a arma, vai defender o direito de matar. Assim deve diminuir o numero de vitimas.
    A mim não faz falta.
    · Zé Beto Autor do post10 de dezembro de 2014 às 13:54
    porque você é cagão.

  3. Deputado

    Dá-lhe, Zé Beto.!
    De ignorantes e estúpidos, a humanidade está cheia.
    Ademais, o imbecil nunca deve ter ouvido falar de Ismael Silva ( acho que é disso que se trata), quanto menos conhece sua obra.
    Por fim… quem conhece a batalha e história de sua vida e labuta, só pode ter admiração por você.
    A indiferença, as vezes, é a melhor resposta para esta gente.

  4. toledo

    Zé, parabéns pela coragem. Todas as nossa diferenças de pensamento nada significam quando conheci a sua história de vida. Esse incógnito Carlinhos deve ser de direita, não é Pteba como nosotros. Abs.

  5. leandro

    Infelizmente existe ainda pessoas sem um mínimo de noção sobre diversos assuntos. Este é um Blog que abre espaços e de forma que os comentários são livres e obviamente passam a responsabilidade de quem os posta. Portanto existem comentários sem o mínimo de qualidade que não contribuem em nada , como no caso e se aproveitam do anonimato para tal. Olhe que já faz tempo que escrevo algumas bobagens aqui, discuto e falo muito do que penso, mas até nas bobagens que muitos escrevem sempre alguma coisa se aproveita e outros como o cidadão em discussão não se aproveita nada e nem mereceria resposta alguma.

  6. Zé Beto Autor do post

    carlinhos, além de cagão, é mentiroso. o seguinte comentário é seu:
    “Não sou eu que tenho experiência de cheirar, não é 52.
    Hihihihihihihihihihihihihihihihihihihi”
    portanto, continue lendo e tenha um mínimo de caráter.

    Rejeitar | Responder | Edição rápida | Editar | Histórico | Spam | Lixeira

  7. juuca

    Tem uma matéria neste blog as 10,16Horas que ´versa sobre ” Procure um NERD”. Pois bem sugiro ao Blogueiro Zé Beto grande pessoa que trocasse a matéria por PROCURE UM MERDA e assim já teríamos a resposta : Foi encontrado um merda chamado Carlinhos.

  8. Carlinhos

    Ao não incógnito Deputado.

    Pelos seus elogios de ser bem educado.
    Conheço sim a historia de Ismael Silva e tenho alguns Cds dele, sei também que ele foi o primeiro a chamar os blocos de escola de samba, vendeu muitos sambas para o Francisco Alves o rei da voz, fez parceria com Noel, inclusive assisti o show dele aqui em Curitiba em 1973 no Paiol.

    Ao não incógnito Toledo, antes Toledo Vip.

    Errou feio.

  9. Carlinhos

    Mentiroso eu? Coloque na ordem cronológica, respondi a sua provocação.

    Zé Beto Autor do post10 de dezembro de 2014 às 13:41

    hihihihihihihihihihihihihihihi. cheirou o próprio peido, cagão?
    Carlinhos 10 de dezembro de 2014 às 13:56

    Não sou eu que tenho experiência de cheirar, não é 52.
    Hihihihihihihihihihihihihihihihihihihi

  10. Carlinhos

    Ao Leandro, que mesmo se identificando continua incógnito (que pena).

    Perdeu o seu tema preferido e não tem mais o que comentar.
    Se não aproveita nada não leia e não comente.

    Ao Juuuuuuuca gay, que nome mais sugestivo remete a própria.

  11. Sergio Silvestre

    Cacilda,parece que eu estou num jogo de teniz,Valentão—–Cagão,Valentão—–Cagão.
    Vamos fazer uma bate-bola com a dupla caipira Juquinha e Leandro eu acho que o Carlinhos tá certo com o Juca,mas o Leandro é tão lascivo né!!!!!!!!!!!!!!!!!

  12. Carlinhos

    Tenho sim Toledo Vip, mas cunhado não é parente. Saiu corrido da torcida que nunca abandona e continua apanhando aqui. Tem gosto para tudo.

  13. Carlinhos

    Segue o baile Toledo Vip, você como foi conselheiro do Evangelino não deve estar com esta bola toda não. Já esta na idade de conhecer o que é tenesmo. Se cuida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>