7:59Alex

Todo artista digno da referência não é finito. É artista porque nasceu com o dom, cuidou dele, desenvolver e nos presenteou para sempre. É o caso deste menino que hoje se despede oficialmente dos gramados vestindo a camisa do Coritiba, que o fez nascer para o futebol e que sempre envergou, no coração, mesmo atuando por outras equipes, que também honrou. Em abril deste ano, numa ilha da Turquia, ao saber que o signatário era de Curitiba, um comerciante daquela terra distante disse que tinha um amigo e irmão muito amado na cidade. E os olhos brilharam quando disse o nome: Alex Souza. Lá, aqui, em qualquer lugar do mundo onde quem sabe o que é futebol viu pelo menos uma jogada deste garoto que produziu arte com os pés, ele foi, é e será sempre reverenciado. E, honra maior, principalmente pela bola, aquela que sabe quem são os escolhidos pelos deuses dos estádios e, por isso, sempre se entregou dócil para ele construir obras eternas.

Uma ideia sobre “Alex

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>