20:23Janot defende atuação da Procuradoria na Lava Jato

Da Folha.com

O procurador-geral da república, Rodrigo Janot, divulgou neste sábado (6) nota oficial e um comunicado interno aos membros do Ministério Público Federal para defender a atuação do órgão na Operação Lava Jato, que apura o escândalo da Petrobras.

Na nota pública, Janot diz que não permitirá que “prosperem tentativas de desacreditar as investigações e os membros da instituição”, deixando claro que se referia a “recentes notícias veiculadas na imprensa”.

Em sua edição deste fim de semana, a revista “IstoÉ” publicou reportagem na qual relata reuniões realizadas por Janot com advogados das empreiteiras acusadas de formar um cartel e pagar propina em troca de contratos com a Petrobras.

Em encontros realizados ao longo dos últimos sete meses, Janot vem tentando costurar um acordo com as empresas que, no fim, segundo a revista, impediria que as investigações atinjam a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ainda segundo a “IstoÉ”, o procurador não tem a intenção de atrapalhar as investigações, mas a proteção aos petistas seria um “efeito colateral” decorrente dos termos do acordo que o Ministério Público Federal tem oferecido às empreiteiras, que impediriam uma apuração minuciosa da possível participação do Palácio do Planalto no esquema.

“Jamais aceitarei qualquer acordo que implique exclusão de condutas criminosas ou impunidade de qualquer delinquente”, disse o procurador-geral da República em um e-mail encaminhado à uma rede interna do Ministério Público Federal que inclui todos os procuradores.

Janot também disse estar “indignado” com “ataques injustos” que vem sofrendo da imprensa “possivelmente instrumentalizada”. Ele, porém, não citou nenhum veículo específico.

Segundo o procurador, o Ministério Público Federal se colocou desde o primeiro momento como o “primeiro combatente” da corrupção que se “alastrou na gestão da Petrobras” e que compõe o “maior escândalo de corrupção da nossa história”.

O chefe do Ministério Público afirmou ainda que fará “o que for necessário para a punição de todos os envolvidos” a que a equipe de procuradores da Operação Lava Jato trabalha em “regime de confiança mútua e de apoio recíproco”.

Uma ideia sobre “Janot defende atuação da Procuradoria na Lava Jato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>