6:47Tex em revista

por Célio Heitor Guimarães 

Esta notícia vai deixar os texianos brasileiros tinindo de inveja (e se o leitor não sabe quem são os texianos, explico: são os fãs e colecionadores do caubói Tex Willer dos quadrinhos): o Clube Tex Portugal acaba de lançar o primeiro número da revista do clube. A publicação é composta de artigos elaborados pelos associados, focalizando a caminhada do herói, além de ilustrações exclusivas de seus desenhistas.

Criado no final dos anos 40 do século passado, pela dupla Gianluigi Bonelli (argumentos) e Aurelio Galleppini (desenhos), Tex é, certamente, o mais longevo personagem dos quadrinhos em atividade no oeste norte-americano, ainda que produzido na Itália. É sucesso de vendagem em todo o mundo, com destaque especial no Brasil, onde é publicado desde 1951. Começou na Rio-Gráfica Editora, passou pela Vecchi, chegou à Globo e agora está na Mythos, sem perder a sequência numérica, Atualmente, conta com oito títulos diferentes nas bancas e revistarias, desde edições quinzenais até especiais anuais, alguns a quatro cores.

Já o Clube Tex Portugal, criado em agosto de 2013, é o primeiro clube português dedicado exclusivamente a um herói da banda desenhada, que é como os quadrinhos são chamados em terras lusitanas, e o primeiro autorizado oficialmente pela Sergio Bonelli Editore em todo o mundo. Destinado aos fãs e colecionadores de Tex Willer residentes em Portugal, tem como objetivos divulgar esta personagem mítica do fumetto italiano e promover o convívio entre os seus admiradores.
Nesse sentido, a criação da revista do Clube Tex Portugal representa – como assinala o especialista Nuno Pereira de Sousa, o Enanenes, do site BD – “um passo importante e um instrumento privilegiado que permite divulgar, aprofundar e sobretudo homenagear um grande herói e uma grande série que, década após década, tem sabido ultrapassar com êxito todas as vicissitudes do mercado e todas as exigências dos leitores, batendo recordes de venda e multiplicando as suas publicações”.
A periodicidade da revista deverá ser anual, em formato A4 e com 32 páginas, impressas a cores em papel de qualidade. O número inicial trás artigos assinados por Carlos Moreira, José Carlos Francisco, o brasileiro Júlio Schneider, Sérgio Madeira de Sousa, Pedro Cleto, Jorge Magalhães, Paulo Guanaes, Mário João Marques e Jorge Machado-Dias, também responsável pelo grafismo. A capa é assinada por Andrea Venturi. Outros artistas presentes são Maurizio Dotti e Stefano Biglia.
A Revista do Clube Tex Portugal foi lançada no último sábado, 29 novembro, durante um jantar organizado pela entidade, exclusivamente para os sócios, que terão direito a um exemplar gratuito, podendo ainda adquirir apenas mais um. Há planos para que a publicação passe a ser semestral já em 2015.

tex

Uma ideia sobre “Tex em revista

  1. Sergio Silvestre

    Muito do meu vocabulário,já que estudei pouco,foi lendo os diálogos do Kit Carson e o TEX .Bonelli e Galleppine foi a junção perfeita para fazer de um gibi preto e branco ter o colorido dos altiplanos,o barulho das barcas de rodas e o fulgor dos cassinos .
    Meu Deus,Tex já fez mais de 70 anos e eu continuo a comprar o que eu chamo de gibi do Tex até hoje.
    Quando enveredo por um comentário meio louco,se folear as centenas destes gibis vai encontrar a frase escrita em qualquer das suas paginas,ou uma semelhança.
    O brigado Sr Célio por lembrar isso,já que estamos carentes de heróis e necessitamos sonhar um pouco com eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>