15:52Audiência pública debate a Constituinte da Reforma Política

Da Liderança do PT na Assembleia Legislativa

Dezenas de entidades representativas dos movimentos sociais e populares realizam nesta terça-feira, 2, às 9h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa, uma audiência pública sobre a Constituinte da Reforma Política. Os movimentos exigem que o Congresso Nacional convoque um plebiscito oficial sobre o tema.
Na Semana da Pátria, foi realizado em todo o país um plebiscito popular, com a seguinte pergunta: “Você é favor de uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político?” O plebiscito colheu quase 8 milhões de votos, dos quais mais de 97% disseram sim à Constituinte.
O resultado foi entregue à presidenta Dilma Roussef entre o primeiro e o segundo turnos da eleição presidencial. A então candidata assumiu a proposta durante a campanha e, reeleita, voltou a defender o plebiscito.


Um projeto de decreto legislativo, apresentado pelos deputados federais Renato Simões (PT) e Luiza Erundina (PSB), tramita na Câmara e já conta com cerca de 150 assinaturas.
No último sábado, foi feita uma plenária popular estadual em apoio à convocação do plebiscito oficial. Participaram cerca de 100 pessoas e inúmeras entidades, entre as quais representantes dos comitês de 12 cidades do interior que promoveram o plebiscito popular.
A audiência desta terça-feira é convocada pela bancada de deputados do PT e deve contar com a participação da CUT/PR, APP-Sindicato, Sindicato dos Bancários, MST, Movimento dos Atingidos pelas Barragens, Marcha Mundial da Mulheres, Sindipetro, Sindiquímica, Senge, Sismmuc e várias outras entidades.


Serviço:

Audiência Pública- Constituinte da Reforma Política

Local- Plenarinho da Assembeia Legislativa

Horário- 9 horas

Data- 02/12/2014

Uma ideia sobre “Audiência pública debate a Constituinte da Reforma Política

  1. Professor Xavier

    Este é mais um dos tantos estelionatos eleitorais que o pestismo quer nos enfiar goela abaixo. Porque Constituinte Exclusiva, não acabamos de eleger um novo Parlamento? Gastamos uma fortuna financiado as campanhas dos calhordas eleitos e vamos jogar toda esta grana fora de novo? Chega de demagogia barata. Mais um golpe pestista .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>