7:01Tombamento

O prédio onde funcionou o centro de torturas do DOI-CODI de São Paulo durante o período mais negro da ditadura militar no Brasil foi tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo). Alegação oficial:  “Possui apelo estético particular e carrega uma difícil simbologia política, tratando de patrimônio material que evoca as memórias de um momento longo e sombrio de nossa história”. Há controvérsias. O local vai virar um centro de memória da ditadura, como ocorreu com o prédio do Dops paulista.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>