8:31A diferença

O deputado federal João Paulo Cunha, que vem a Curitiba na quinta-feira para lançar a revista A verdade, nada mais que a verdade, sobre a AP-470“ no sindicato dos professores, vai tentar exercer o mandato na Câmara dos Deputados enquanto estiver preso em regime semiaberto em Brasília, ele que foi condenado pelo STF no processo do Mensalão. Se isso acontecer, vai comprovar uma tese – a de que a única diferença deste parlamentar para a maioria do plenário é que foi para o xilindró. 

 

2 ideias sobre “A diferença

  1. João Carlos Barbosa

    Não dá para acreditar um sindicato de professores vai promover um ladrão de recursos públicos.
    Isso só acontece no Brasil. Em outro País um sindicato com esse proposito seria fechado imediatamente.
    Sem dúvida é um péssimo exemplo para os alunos desses mestres se é que ainda são.

  2. sergio silvestre

    j CARLOS,temos todo tipo de ladrão onde vc pisa.
    Se entrar num forum tem ladrão.
    Se entrar no palacio iguaçu ,tem ladrão.
    Na assembléia tem ladrão.
    Na penitenciaria tem ladrão,mas tem muito inocente,pense nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>