12:24LSD

Lá fora o céu se revira

e desvira

em Picassos azuis

de LSD.

Figuras de Chagal

sem penduram

em trapézios soltos.

Van Gogh faz tardes

de amarelo-brilhante

tintas revoluteadas

vibram pelas janelas

luz iluminando

cegante cegando.

De ponta cabeça

vejo impressionista

olhando de lado

sou cubista.

Sei que posso

com minha mão

o céu do céu arrancar

sem nem o braço esticar.

Mas – e se lá

tiver demônios

querendo me levar?

Bosch me vigia

lá das alturas

mostrando torturas.

Amortalhado

sigo em pesadelo

estou já do outro lado.

 

de Enio Mainardi em O Moedor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>