7:58Ciranda

Se um cidadão comum vai a um banco e tenta tirar uma grana que não lhe pertence, o caixa não dá, chama a polícia e o esperto vai para o xilindró. Essa lambança do dinheiro dos depósitos judiciais que o governo do Paraná sacou na Caixa Econômica Federal, com autorização do Tribunal de Justiça, está muito mal contada. A grana será devolvida a quem de direito, mas, como perguntou o jornalista Rogério Galindo em seu “Caixa Zero”, da Gazeta do Povo, quantas notas circularam nesta ciranda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>