7:21O palito e a floresta

Não é demais pensar que tudo isso que aconteceu ontem, está acontecendo hoje e vai acontecer amanhã estava nos planos de Mario Celso Petraglia. A verdade é que hoje há um estado de comoção generalizada por causa do chute na bunda dado por Jérôme Valcke, o secretário geral da Fifa, ontem, diante do governador Beto Richa e do prefeito Gustavo Fruet. Petraglia estava na reunião fechada onde ouve o esculacho. Depois, na entrevista coletiva, ele não foi, tipo assim, como dizem os jovens, “agora o problema não é mais meu – e eu bem que avisei” (avisou mesmo). Quem conhece o presidente do Atlético Paranaense sabe que ele não pensa pequeno. Um exemplo aqui já foi dado para tentar demonstrar isso. Num restaurante onde ainda se oferecem palitos de dente, o mortal comum pega o palito e vê o palito; Petraglia pega o palito e vê a floresta. Ele viu na Copa do Mundo a grande chance de terminar o estádio do seu clube. Isso antes mesmo de a Fifa ter escolhido o Brasil como sede. Foi atrás e hoje, praticamente, tem quase pronto um novo estádio, porque aquele que já era considerado um dos mais modernos do país antes de ficar pronto, praticamente desapareceu sob o novo projeto com as exigências da Fifa. Quem prestou atenção ontem nas palavras do cartola da Fifa sabe que o dia 18 de fevereiro, ou seja, daqui a menos de um mês, é uma data que pode remeter a outra se começarem a trabalhar 24 horas nos finalmente do estádio Joaquim Américo. O que vai acontecer, agora só o governo do Estado e a prefeitura sabem. E se a bola rola no dia ali a partir das 16h do dia 16 de junho, quando se enfrentam Irã e Nigéria, com certeza alguém vai estar rindo bem mais do que o resto da torcida.

Uma ideia sobre “O palito e a floresta

  1. Arne Saknussen Neto

    Prezado blogueiro; lembra daquela frasezinha famosa: “uma mentira repetida mil vezes vira verdade”? Foi dita por um tal Joseph Goebbels. Um alemão que se vivesse hoje certamente seria marqueteiro político multibilionário. Pois a tal mentira repetida mil vezes pela imprensa local são ”AS NOVAS EXIGENCIAS DA FIFA”. Tá até na coluna de hoje do Carneiro Neto na gazetona. Pois as tais novas exigencias da FIFA são exatamente as mesmas desde a copa de 2002. Não mudou uma vírgula. Os espertalhões locais (cartolas e políticos, empreiteiros) viram uma chance de construir patrimônio privado com dinheiro público, e de quebra quem sabe financiar campanhas e molhar as mãos da bancada amiga. Quando Curitiba se candidatou a sub-sede todos (governador, secretários, deputados, vereadores) arrotaram que a arena era o estádio mais pronto do Brasil . Mas todos já sabiam das tais exigências, e que o estádio -embora moderno e confortável – não era padrão Fifa. Mas quiseram aplicar a tal lei de Gerson e levar vantagem. Eu não tenho dúvida que o estádio vai ficar pronto. O governo do estado pode deixar de botar gasolina nas viatura policiais, reformar escolas etc. Mas que a arena vai ser entregue não tenha dúvida. É questão de honra para o sr Beto Richa et caterva. Por isso desde já lanço uma campanha nesse blog prestigioso: “Chega de intermediários! Petraglia pro governo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>