17:21Toma que a faca é sua!

Pensando bem, Mario Celso Petraglia entregou a faca para Jérome Valcke e este colocou-a nas gargantas do governos estadual e municipal para que a Copa não bata asas de Curitiba.

3 ideias sobre “Toma que a faca é sua!

  1. Hermenegildo Zanga

    O Sr. Pet, nessa esta correto…….

    Ninguém foi obrigado a se inscrever para sediar jogos da Copa. Prefeitos e governadores é que se inscreveram, em parceria com empresas privadas, pegaram empréstimos no BNDES que voltarão ao banco, com juros, quando da quitação. Não existe um centavo sequer do Governo Federal nos estádios da Copa.
    Os lucros não vão para a CBF, mas para prefeituras, governos estaduais e as empresas privadas da parceria. Se tivesse dinheiro do Governo Federal, teria que ser feito concurso público federal para contratar pessoal para a manutenção dos estádios e a PF, MPF, TCU e CGU, estariam fiscalizando as obras dos estádios e a aplicação do dinheiro. Quer reclamar contra os estádios da Copa? Reclame com o seu prefeito e/ou governador.

  2. Beto

    É “soda”…
    Sou “extorquido” através do Iptu, Ipva, Dpvat, Ir, Sanepar, Copel, Funrejus, etc, etc, etc…
    E a grana da saúde, educação, segurança, justiça… e outras carências…
    desviadas para o “ópio do povo”.
    “Guenta escravos”…

  3. José Carlos

    Com toda certeza…
    E digo mais, os atrasos não são culpas somente do CAP mas sim de todos os governos envolvidos.
    Agora, eles que descasquem esse abacaxi. O CAP está fazendo a parte dele, disponibilizou o seu patrimônio.

    Talvez estaríamos na mesma situação se o CFC fosse o preferido, caso o coxa não entregasse as obras para a iniciativa privada e ficaria sem o patrimônio,.

    Já o Paraná Clube, coitado….esse nem um gato pra puxar pelo rabo tem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>