17:07JORNAL DO CÍNICO

Do Filósofo do Centro Cínico

 

Nunca antes na história do Tribunal de Contas houve uma desaprovação das contas do governo. E não vai acontecer agora. Portanto, se Richa for reeleito, seguindo a lógica da escolha dos conselheiros que vão relatar as contas de 2013 e 2014, pode-se pensar em deixar para o próprio chefe do Executivo a análise e o veredito a partir de 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>