14:41No grito!

Cena de verão flagrada por um amigo do blog:

 

 

Um pacato cidadão curitibano perdeu as estribeiras e a pacatez na última segundafeira no Cartório de Registro Civil, de Imóveis, Títulos e Documentos de Matinhos, cujo titular é Alceste Ribas de Macedo Filho. Pra variar, Alceste Filho herdou os cartórios por ser filho do ex-presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, Alceste pai. O irritado cidadão fazia parte do time de duas dezenas de pessoas, senhas na mão, que aguardava atendimento. Mas as funcionárias necas de pitibiribas pro povão, ou seja, nem te ligo. De repente o cara estrebuchou em alto e bom som:
- Que merda! Vamos deixar de ser cordeiros. Esses caras são serventuários da Justiça, estão aqui para nos atender e cobram caro. É direito do cidadão ser bem atendido. Vou denunciar essa esculhambação na Corregedoria, chamar a imprensa, a TV,
que além de mostrar bundas de fora na praia precisa mostrar essa sacanagem, esse desrespeito.
“E  isso aí! Boa! Valeu!”, ouviu o reclamante, sob aplausos.
As moças imediatamente começaram a chamar os portadores da senha. Neste país, tem que ser no grito.

3 ideias sobre “No grito!

  1. Ludmila Caipiroska

    MUITO BEM. Aqui na Província, ainda tem que ser no berro. Assim foi com o clâ dos Camargo ( Claytton e seu filho Fábio ) e agora com o outro ranço, os Ribas de Macedo. As famílias do ciclo da erva mate e da madeira ainda dominam a justiça do Paraná. Vergonhoso paranós paranaenses.

  2. poor devil

    Que barrigada hein, o Alcestinho não herdou o cartório do pai , porque foi o pai dele que deu o cartório a ele quando presidiu o TJ. E se hoje está em Matinhos é porque aprontou em Guaratuba. Quem não acreditar em mim pergunte em Guaratuba, muita gente conta direitinho o que se passou lá. Como o nosso TJ sempre teve dono, o sobrenome do cara já diz tudo, ele foi premiado com esta sinecura. Pelo que aprontou em Guaratuba devia ter ganhando sim é um tempinho na companhia do seu Zé Dirceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>