8:50Sob o pretexto da bola

O Brasil já ganhou a taça como o país que mais vai gastar em obras e no atraso delas para o torneio mundial de seleções de futebol. Em setembro de 2011 o cartola Mario Celso Petraglia deu uma entrevista de 80 minutos para o programa “Entrevista Coletiva”, da Band TV, que pode ser acessado no Youtube, e justificou o atraso (o Brasil foi escolhido como sede da Copa em 2007) e a possível jogada nesta “tática” para que os custos se elevassem muito, como já tinha ocorrido nos Jogos Pan-americanos. Disse ele que os ganhos para as cidades, para o país, seriam muito maiores. Petraglia estava em campanha para reassumir o Clube Atlético Paranaense, dono do estádio onde serão realizados quatro jogos da Copa. Foi reeleito e a Baixada, que deveria ser um dos primeiros estádios prontos, será um dos últimos, estourando o prazo estipulado pela Fifa. Curitiba trocou o prefeito, mas as obras previstas para a cidade dão a impressão de serem tocadas em ritmo de cágado. Talvez a contabilidade disso tudo nunca seja feita para confirmar ou não a previsão do cartola rubro-negro – e muito menos o que se passa no mundo real dos bastidores que lidam com milhões sob a chancela de uma bola.

Uma ideia sobre “Sob o pretexto da bola

  1. Sergio Silvestre

    E o Beto Richa hein!!!!!!!!!
    Pensa que está fazendo muitos gols de bicicleta mas na verdade está dando chapéu em todo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>