21:50O Moedor

Cortem uma pessoa

em pedacinhos

e até no pedaço menor

vão me encontrar lá

inteirinho.

Caca caco estilhaçado

de espelho

espelha tudo

e em cada nova imagem

vou aparecer repetido.

Podem me esmagar

que sempre vou voltar.

Volto em pó purpurino

volto mineral

volto reduzido

mas volto

para que outra vez

todos se vejam

de novo

em mim refletidos.

 

de Enio Mainardi no livro “O Moedor”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>