14:50Enquanto isso, no país da Copa…

por Mauricio Gomm Santos, de Miami

 

Estamos todos felizes no futebol paranaense: Furacão na Libertadores e os Coxas confirmados para a série A. Enquanto isso, a mídia internacional falada e escrita mostra a luta campal de uns seres que se parecem com homo sapiens em Joinville. Aliás, a única semelhança é que andam com duas patas, o que faz parecer que se tratam de seres humanos.

CNN, ABC, NBC esbanjaram as cenas jurássicas do jogo de ontem, sempre finalizando que o local da barbárie é no Brasil, país que sediará a Copa do Mundo em 2014.

Queremos os bônus do confete e serpentina, mas não perdemos o cacoete de nos comportarmos como primatas famintos e enjaulados. Não quero nem entrar na discussão de quem era a competência ou a obrigação de providenciar policiamento adequado.

O fato é que as imagens falam por si: como povo, somos uns bárbaros, uns afegãos do esporte,  que vemos na diferença o pior dos inimigos. Precisamos ter babás de porrete e cacetete para controlar nossos instintos.

E viva o país da Copa, o país dos homens das cavernas!

Uma ideia sobre “Enquanto isso, no país da Copa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>