10:59Viver só

… Falo agora daquela vida mais íntima, contendo o melhor e o pior que nos pode suceder nas profundezas temperamentais do nosso ser, onde um homem deve verdadeiramente viver só, sem precisar desistir de toda esperança de manter uma convivência com seus semelhantes.

 

da “Nota do Autor” de “O Espelho do Mar”, de  Joseph Conrad

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>