7:04A primeira vitória e o primeiro problema

O time do Clube Atlético Paranaense ganhou de 1 a 0 do Brasil de Pelotas na estreia do time na Copa do Brasil. O gol foi de Elias aos 44 do primeiro tempo. “Na saída do campo no inter­­va­­lo e no final do jogo, o Atlético não conseguiu evitar que a imprensa entrevistasse os jogadores. A saída foi fazer a coletiva pós-jogo no vestiário”. É provável que os criadores da estratégia “avestruz com rabo de pavão” bolem algo para evitar isso nas próximas partidas. Uso de tapa-boca ou cercar o time com seguranças para que os jogadores saiam de campo em comboio podem ser alternativas.

8 ideias sobre “A primeira vitória e o primeiro problema

  1. Rafael

    A estratégia não está surtindo o efeito esperado: exigir da imprensa um tratamento mais adequado. O gol foi no primeiro tempo.

  2. Fanático

    Agora a estratégia pra difamar o Atletico é dar a noticia errada? Gol aos 44 do 2o tempo? Não seria fol no 1o tempo?
    Para com isso Zé Beto!

  3. zebeto

    corrigido, cagão. aproveita e escreva para a gazeta do povo e mande arrumar a ficha técnica publicada no site. outra, cagão: não estou difamando meu clube. estou escrevendo o que acho da estratégia da atual diretoria. no mais, para encerrar antes que você termine de se masturbar feito um chipanzé no fundo do buraco (hunter thompson): o atlético paranaense não merece torcedores igual a você, cagão.

  4. Fanático

    Pelo jeito vc voltou a cheirar, né?
    Já tinham me dito que vc não tira a bunda da cadeira pra ir atras de noticia. Só faz cola e copia do que te mandam por email.
    Quero ver o que vc vai fazer da vida quando cancelarem essa bosta de blog que vc escreve e que a cada dia menos gente lê.
    Alias, não vou perder mais meu tempo com quem já não passa de um zumbi no jornalismo do Paraná.
    Quero ver se vc tem coragem de publicar esse comentário ou vai guardar no armário como fez com o anterior. Aí a gente vai ver quem é o cagão.

  5. Edson

    Os caras viram machos quando se troca o primeiro pelo segundo tempo, no entanto, viram o pescocinho para o ditador colocar o cabresto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>