19:01Aprovada a criação do TRF no Paraná

Da Gazeta do Povo, em reportagem de Antonio Senkovski e Guilherme Voitch

Câmara aprova criação de TRF no Paraná

Proposta de Emenda Constitucional cria novos tribunais no Paraná, em Minas Gerais, na Bahia e no Amazonas. Texto segue direto para a sanção da presidente Dilma Rousseff

A Câmara dos Deputados aprovou em segunda discussão nesta quarta-feira (3) a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 544/02, que cria um Tribunal Regional Federal (TRF) no Paraná e em mais três estados: Minas Gerais, Bahia e Amazonas. Foram 371 votos a favor 54 contra e seis abstenções. A proposta precisava de no mínimo 308 votos a favor para ser aprovada.

Durante a votação, José Genoino (PT-SP) apresentou uma questão de ordem à PEC. Segundo ele, o fato de ter ocorrido uma alteração na proposta durante o trâmite na Câmara faria com que houvesse a necessidade de o texto voltar ao Senado, onde já foi aprovado.

André Vargas (PT-PR), que presidiu a sessão, consultou a assessoria jurídica da Câmara e relatou que como se tratava de uma alteração de redação, e não de mérito, não havia a necessidade de a proposta voltar ao Senado.

O parlamentar Cláudio Paty (PT-PA), que se declarou contra a PEC, apresentou vários requerimentos tentando obstruir a votação. Segundo ele, apenas o Supremo Tribunal Federal poderia criar novos tribunais e que os TRF´s não resolverão o problema do excesso de trabalho nas cortes.

A proposta

A votação ocorreu depois que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados concedeu, no último dia 19 de março, parecer favorável à PEC 544/02. O texto já havia sido aprovado pelo senado e segue direto para a sanção ou veto da presidente Dilma Rousseff.

A criação de um TRF no Paraná é uma reivindicação antiga de lideranças locais, visto que os processos do estado tramitam no tribunal da 4ª Região, com sede em Porto Alegre (RS). A PEC regulamentando o novo tribunal foi protocolada em 2001 pelo ex-senador Arlindo Porto, com o apoio de outros parlamentares, e aprovada pelo Senado no ano seguinte. Desde então vinha sendo discutida pelos deputados, até ser incluída para votação em plenário na semana passada.

No Plano Plurianual (PPA) estão previstos R$ 300 milhões para a construção de quatro prédios dos novos TRFs, valor esse que não seria suficiente, mas é considerado uma “janela orçamentária” para que nos próximos anos mais recursos para estes tribunais sejam incluídos no orçamento. No Paraná, o governador Beto Richa (PSDB) já se comprometeu em disponibilizar um espaço físico para abrigar temporariamente o tribunal.

Presidente do STF é contra novos TRF´s
O presidente do STF se enviou ofícios ao presidente aos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), se dizendo “extremamente preocupado” com a possibilidade de aprovação da proposta de emenda constitucional que cria quatro novos Tribunais Federais Regionais (TRFs) no país. Leia a matéria compl

2 ideias sobre “Aprovada a criação do TRF no Paraná

  1. Zangado

    Parabens sobretudo ao Senador Sergio Souza que se devotou a essa causa, justa e oportuna.

    O Ministro Joaquim Barbosa está equivocado; ele deveria se dedicar a eliminar as contradições no Supremo onde não raro é preciso mais de uma vida para ver algumas causas resolvidas.

    Outro fator de pletora de processos no Judiciário é o próprio Executivo, o maior criador de conflitos judiciais do país.

  2. carlos rocha

    Essa luta pela criação do TRFpara o Paraná faz mais de 30 anos uma grande bandeira de toda a sociedade paranaense com grande apoio do Dr Francisco Pereira/Gazeta do Povo, claro que agora aaparece oportunistas de toda ordem como esse dito Senador Sergio Souza que se sair na rua XV de novembro é um mero desconhecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>