18:08Condenação

por Keila Jimenez, na coluna Outro Canal, da Folha de São Paulo

Justiça mantém condenação a jornalista acusado de danos morais

Em decisão na 35ª Vara Cível do Rio, publicada nesta quinta-feira (28), a Justiça manteve a sentença que condena o jornalista Paulo Henrique Amorim a indenizar o diretor da Central Globo de Jornalismo, Ali Kamel. Ainda cabe recurso da decisão.

Em 2010, em seu blog, Amorim acusou Kamel de prática de racismo no livro “Não Somos Racistas”, de autoria do diretor da Globo. Em um dos trechos de sua crítica no blog, Amorim escreveu frases como: “Racista é o Ali Kamel”. No mesmo ano, Kamel moveu uma ação pedindo indenização por danos morais contra Paulo Henrique Amorim.

Em 2011, o jornalista, atualmente na Record, perdeu a ação em primeira instância e foi condenado a pagar R$ 30 mil a Kamel. Após pedir análise de mérito, Amorim voltou a perder. No entanto, a Justiça aumentou o valor da indenização, agora fixada em R$ 50 mil.

Além desse montante, o jornalista também foi condenado ao pagamento das custas processuais e dos honorários advocatícios. Procurado, Ali Kamel não comentou o assunto. Paulo Henrique Amorim não retornou às ligações até a conclusão deste post.

Uma ideia sobre “Condenação

  1. marcelim

    Engraçado, quando o PHA ganha na justiça nao vira noticia, só quando ele perde…

    Lembrando que Kamel escreveu um livro com a tese que de no Brasil não existe racismo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>