10:03Ação para acabar com a Quadra Cultural na frente de O Torto

O Ministério Público do Paraná informa:

Promotoria ajuíza ação para impedir eventos culturais em frente ao Bar O Torto

A Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente de Curitiba ajuizou ação civil pública contra o município de Curitiba e o Bar O Torto, para impedir a realização de eventos culturais, dente eles a chamada Quadra Cultural, em frente ao bar, localizado na Rua Paula Gomes, no bairro Alto São Francisco. O evento Quadra Cultural já é realizado há cinco anos.

Em setembro do ano passado, a Promotoria recebeu informações da Polícia Militar, que, através da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), fiscalizou o ambiente e apontou conduta irregular, devido a barulho excessivo, além de favorecer a aglomeração de pessoas no local, o que perturba o sossego dos moradores.

“Os freqüentadores fazem uso de bebidas e drogas no local, causando perturbação do sossego alheio”, relatou a AIFU. A fiscalização da AIFU foi mencionada na ação, assinada pelo promotor de Justiça Sérgio Luiz Cordoni. Moradores e trabalhadores da região fizeram abaixo-assinado, com cerca de 130 assinaturas, pedindo a mudança do evento para outra região.

A Promotoria pede a interdição do bar, com imposição de multa diária a ser estabelecida pela Justiça em caso de descumprimento.  A ação civil pública, ajuizada no dia 22 de fevereiro, aguarda decisão judicial na 2ª Vara da Fazenda Pública da Capital.

9 ideias sobre “Ação para acabar com a Quadra Cultural na frente de O Torto

  1. Jeremias

    Estava demorando… Em Curitiba é proibido ser feliz!

    Convido a AIFU a comparecer no Centro Cívico ver como é que anda a “perturbação do sossego alheio”,

    Políticos, gays, evangélicos, grevistas (incluindo policiais grevistas), católicos, militares, japoneses, deputados estaduais, sertanejos, skatistas, pagodeiros, sambistas, vadias e mais um número enorme de chatos estão permanentemente fazendo “barulho excessivo, além de favorecer a aglomeração de pessoas no local, o que perturba o sossego dos moradores”.

    Os políticos e os barnabés inclusive já grilaram a maior parte da Praça N. Sra. de Salete para transformá-la em estacionamento de carros que pertencem justamente àqueles que consideram o transporte público de Curitiba um exemplo para o mundo..

    Até o simpático Zé da Bíblia não nos dá paz.

  2. Maringas

    com o devido perdão pela caixa alta e o palavreado, mas só gritando mesmo:

    PUTA QUE PARIU! COMO TEM IMBECIL NESSA CIDADE!

  3. Elton

    Genival Lacerda,
    Deixe de ser reacionário. Vá se informar antes de falar besteira. Frequento o local e não vejo ninguém fazendo o que você está dizendo. A não ser que você seja um usuário de crack, alucinado que não tem noção do que fala, não consegue distinguir o que vê e tem um preconceito e uma mentalidade digna de pena.
    Convido você a passar pelo bar do torto qualquer dia desses para tentar levantar provas que comprovem a besteira que você disse aqui.

  4. Parreiras Rodrigues

    Isso. Vamos fechar um local onde o frequentador faça uso do crack. E também despovoar parques e praças, a rodoviária velha e todo o seu entorno, os derredores das quadras todas, implodir a Cruz Machado desde a Desembargador Mota até a Catedral, fazer arrastões de Santa ao Tarumã, da CIC à Crus do Pilar.

    Nunca vi tanta bobagem junta.

  5. alexandre

    o nosso poderoso Ministério Público realmente não tem mais o que fazer. A virada cultural promoveu a revitalização do bairro, afugentou os marginais que rondavam a área, levou jovens novamente ao centro histórico da cidade. os moradores do local passam 364 dias por ano no sossego, um único dia do ano que eles em tese sofrem incomodos é o suficiente para acabar com um projeto cultural de sucesso. é a velha história de uma pequena minoria destruindo o que uma maioria levou anos para construir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>